Pela primeira vezEm anos e anos viradosO ano virou e eu não sentiNo meio do peito, um buraco Nada de dor, nada de falta tuaNada de horror, só minha alma nua Ao lembrar do ano velhoOnde tanto me despediPenso que ser adultoÉ, também, aprender a deixar ir A dor ensina, isso é certoEnsina quem queremos […]