Meu querido, me perdoa chegar com tanta sede de viver e, ao mesmo tempo, com tanta carga emocional. Perdoa a entrada leve, os sorrisos, os olhares, as brincadeiras. Perdoa essa sintonia que é tão evidente. Perdoa meu encanto, minha felicidade com esse reencontro. Perdoa ser tão natural pra mim. Perdoa os deslizes inconscientes, o falatório, […]

Comunicar, para mim, é servir. Existem projetos, artistas, trabalhos que precisam ser vistos e ouvidos. É incrível ver a porção do esforço se unindo à porção do amor e reverberando em forma de emissão e recepção, gerando mais força, mais solidez. O amor precisa ser mostrado. É com amor que tenho escolhido trabalhar e, por […]

De repente formou-se uma confusão incontrolável na porta do falecido. Sebastião Miguel de Oliveira dos Santos legítimo pedreiro de profissão diferente dos meia-colheres encontrados amiúde bem casado com uma cabocla do pé da Serra da Mata Virgem da graça Margarida de tal a quem não faltavam os bons olhos e os desejos dos namoradores do […]

Salustiano de Zequinha aparentado ainda de Felício das Grotas da Tapera-Ribeiro Grande abaixo meia légua farinha do mesmo saco de Tomázio carregador de jerimum e pegador de fura-melancias do Sítio Capim de Baixo assuntando de tudo um pouco falador contumaz silente de momentos apenas pegador de burro brabo de não levar desaforo pra casa falou: […]