Jonatas Onofre Quarteto lança seu segundo single nas plataformas digitais

Anderson Silva na guitarra, Ksandro Azevedo no baixo, Nando Zé na bateria e Jonatas Onofre no vocal e no piano: essa é a formação musical que, desde 2017, vem encantando o público pernambucano com apresentações ao vivo de um som que, segundo o grupo, experimenta a canção brasileira em vários gêneros. Após dois anos de ensaios e shows pelo estado, Jonatas Onofre Quarteto lança, no próximo dia 08, às 23h, sua segunda gravação de estúdio de nome Luz na Luz. O grupo estreou, nas plataformas digitais, há uma semana com o single Vítima Ínfima, que é um retrato real e sentimental da condição da população negra, no Brasil.

Foto: Alexia Dias

Luz na Luz chega como uma continuidade desse discurso falando de resistência, de esperança, de encontrar um lugar no mundo. “Em tempos de ausências, distâncias e desencantos é muito importante manter os pés firmes na possibilidade do sonho e insistir num gesto de reencontro com a terra. Luz na luz é sobre essa caminhada de retorno às forças primitivas, ao mesmo tempo que, também, é a sugestão de futuros luminosos. Ali onde seja possível reexistir para muito além da mera resistência”, explica Jonatas. Com letra de Luann Ribeiro em parceria com Jonatas Onofre, que a musicou, Luz na Luz é capaz de embarcar o ouvinte num misto de sensações traduzidas em melancolia, ao mesmo tempo força e beleza. O arranjo inicia suavemente, depois cresce junto com os vocais do cantor.  

Foto: Alexia Dias

O single foi mixado e masterizado no Estúdio Muvuka e será lançado, oficialmente, em todas as plataformas digitais e nas redes sociais de Jonatas Onofre Quarteto. A produção executiva do trabalho é da Cultura Iminente. “Até a data de lançamento, o público poderá sentir a mensagem do single aos poucos em um esquema de informações, curiosidades e bastidores e até contagem regressiva com direito a pedaços da obra a serem revelados em um material de publicação específico para as redes sociais do grupo. É um trabalho de muita sensibilidade, de muita verdade e de muita necessidade para o cenário atual da sociedade brasileira”, diz Rodrigo Silva, diretor da Cultura Iminente.

Acompanhe as novidades do grupo no Instagram: @jonatasonofrequarteto
Ouça Vítima Ínfima (1º single do grupo):

O QUARTETO – O Jonatas Onofre Quarteto surgiu em 2017 com um repertório que atravessava o disco “Aparicíon”, lançado por Jonatas Onofre no mesmo ano, e mais algumas canções inéditas ou presentes em outros trabalhos do músico, como o disco-intervenção “Qui tolles vulnere”, também lançado em 2017. A partir do formato quarteto, os novos arranjos foram elaborados em colaboração com os três parceiros (Anderson Silva na guitarra, Ksandro Azevedo no baixo e Nando Zé na bateria). Em 2019 o grupo retoma a proposta de uma apresentação focada na construção de atmosferas poético-musicais a partir das canções mais representativas do universo criativo de Jonatas Onofre, repensadas num contexto de banda incluindo agora canções do trabalho solo mais recente “Caaporã”. 

Em dois anos de estrada a parceria entre os quatro amigos músicos, já rendeu shows em cidades como Igarassu, Goiana e Recife. Apresentaram-se no Festival Íntimos no Roma Café (Goiana/PE – 2017), no lançamento da IV coletânea Recife Lo-fi na Mansão do Amor (Recife/PE – 2017), no ato em comemoração aos cinco anos do Ocupe Estelita (Recife/PE – 2017) no Rolê Experimental do Mundo Novo (Recife/PE – 2017), na primeira edição do Igarassu Sonoro no Paranã Puka (Igarassu/PE – 2018), na Feira Agroecológica da Várzea (Recife/PE – 2018), na casa Jambo Azul (Recife/PE – 2018) lançando, no final de 2018, o novo show “Aparicíon + Caaporã” e no Terra Café (Recife/PE – 2019). 

Canção brasileira experimentada em vários gêneros é o que melhor pode definir (jamais totalizar) o som produzido pelo grupo. Jazz, blues, afoxé, salsa, rock progressivo a partir de temas que vão desde a crítica às injustiças sociais, racismo e esvaziamento das relações humanas aos caminhos misteriosos do sagrado, da amizade e do autoconhecimento. Além dos shows com o trio ao longo desses anos, Jonatas Onofre também dividiu o palco com Aninha Martins, Matheus Mota, Flor de Mulungu, Sam Silva e Projeto Tertúlia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s