Você sabe como me ajudar

Paulista, 11 de agosto de 2018

Se eu fizer o pedido certo, Você vai me atender. Eu sei. Também, sei que posso te chamar de Você porque Você não está, somente, perto do meu corpo em onipresença, Você está perto da minha alma, Você ouve meu coração, Você sabe do que preciso e em quê acredito. É assim que eu vejo Você, é assim que eu sinto Você, é assim que eu acredito em Você: um Deus que me ouve sem me julgar, um Deus que me entende sem eu pedir, um Deus que me aceita, exatamente, como eu sou e que vai me aceitar quando eu decidir mudar. Um Deus que me ajuda a mudar.

Guerreiros espirituais não se apoiam no que se pode pegar. Nossa luta é subjetiva. Nossas dores são escancaradas, para nós mesmos, com coragem. Nossas questões são tratadas em conversas que decidimos ter Contigo. Daí, nascem as decisões, nascem novas posturas, nasce uma confiança maior nessa relação que iniciou-se antes de nascermos e que vem se desenrolando em fatos e situações cujas causas estão muito além da nossa compreensão. Eu tenho o papel de criar responsabilidade e trazer para a consciência o máximo de informações que eu puder sobre mim. Para cuidar melhor de mim. Para caminhar melhor para os meus objetivos. E sei que Deus tem o papel de acolher tudo aquilo que foge do meu controle e que não cabe a mim entender ou contestar. Certas coisas são como são. Em outras coisas podemos interferir. Eu quero ajudar no que eu puder, eu quero ver mudar o que eu puder, a começar por mim.

Peguei-me, hoje (Você lembra?) a pedir-Te por aceitação. Não para que Você me aceite, não para que os outros me aceitem (porque eles não aceitam, mesmo) mas para que eu me aceite. Completamente. Sem deixar espaços. Porque a medida que me incomodo com o que os outros não aceitam ou julgam em mim, devo entender que algo, dentro de mim, também, acredita naquilo (do contrário eu não me incomodaria…). Então, eu pedi a Você para eu me aceitar. Eu disse a Você que eu preciso me aceitar. Ao me aceitar, cumprirei o pré-requisito essencial para me amar. Em completude. Sem deixar espaços. Eu preciso me amar.

É com o coração que pretendo decidir. Os modelos lógicos, já constatei, são falhos. É de Você que vem a inspiração. O futuro é incerto e sobre ele não sabemos. É Você quem me faz saber. Um pedido genuíno do fundo da minha alma para Aquele que sabe quem eu sou, o que quero e do que, realmente, preciso. Um pedido honesto de quem criou coragem para chorar, parando de fugir dos maus sentimentos. Alguém que está se permitindo à exposição para obter a cura e a paz. Você deve ter ouvido. Se pedi certo, como espero ter pedido, Você vai me atender. Você sabe como me ajudar.

Com amor,
Sua filha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s